José Valizi

 

Fazendinha do Valizi - Memórias de José Valizi

 

Enviar mensagem de e-mail   Facebook

 

 


 


 

CAPÍTULO

   

Faça uma pequena doação e

ajude-nos a produzir novos

conteúdos para este site.

======================

Publicidade

Causo - O sumiço das folhas das bananeiras

por José Valizi (publicado em 30/10/2014)

 

Bananeira

 

Aqui na fazendinha, certa vez aconteceu uma coisa muito estranha e assombrosa. Vou contar para vocês...

 

Eu percebi que, com o passar dos dias, as folhas das bananeiras do pomar da fazendinha estavam sumindo aos poucos, provavelmente durante a noite. Logo pensei que era algum bicho que estava fazendo isso, mas não fazia a mínima ideia de qual bicho seria. Então, resolvi chamar o Manduco e o Zezão, que eram dois vaqueiros da fazendinha, para irem comigo, ficarmos de vigia durante a noite para descobrirmos o que estava acontecendo. Só que era época da quaresma, e o Manduco e o Zezão ficaram com medo, pois o povo costumava falar que na época da quaresma aconteciam coisas muito estranhas, de arrepiarem o cabelo. Assim, resolvemos chamar o tio João para ir com a gente. O tio João era um preto velho com mais de 130 anos de idade, que morava também na fazendinha; ele era muito querido por todos nós, e tinha muita sabedoria e conhecimento sobre as coisas da natureza, além de ser muito corajoso e ter muita saúde física e lucidez, apesar da muita idade.

 

Dessa maneira, lá fomos nós quatro em direção ao pomar da fazendinha, onde ficavam as bananeiras. Por ser uma noite de lua cheia, que clareava tudo, nos escondemos atrás de uma grande moita para não sermos vistos, e de tal modo que podíamos avistar todo o pomar. De repente, começamos a ouvir uns horripilantes uivados de lobos, vindos de longe, o que nos deixou de cabelo em pé. O Manduco e o Zezão ficaram com tanto medo que quiseram correr para trás. Eu também ameacei correr, mas o tio João, muito corajoso, segurou a gente. Depois da meia-noite, após já estarmos cansados de tanto esperar, e nada aparecer, eis que escutamos um barulho estranho vindo lá das bananeiras. Por ser uma noite de lua muito clara, a gente conseguia enxergar tudo perfeitamente. E ao olhamos em direção ao bananal, sentimos um terrível arrepio por causa do que vimos. Imagine só que havia cinco mulas sem cabeça comendo as folhas das bananeiras... Sem acreditarmos no que estávamos vendo, e já nos preparando para sairmos correndo, eis que olhamos para o lado e avistamos quatro lobisomens embaixo de uma grande mangueira, jogando baralho. Naquele exato momento, um dos lobisomens uivou: - Truco! E o outro respondeu: - Seis milhos, ladrão!

   
   

APOIO CULTURAL

Faça uma pequena doação e

ajude-nos a produzir novos

conteúdos para este site.


REPUBLICAÇÃO RESTRITA

Não está autorizada a republicação dos artigos deste site em nenhum outro site na internet. Caso você queira compartilhar através da internet algum artigo aqui publicado, sugerimos que você poste uma chamada com um link, de tal modo que a leitura do artigo seja feita no site Fazendinha do Valizi. Para republicação em mídias impressas, mediante autorização prévia, deverá constar como fonte do artigo o endereço deste site (www.valizi.com.br).


Desenvolvido por Portal Onde Ir