José Valizi

 

Fazendinha do Valizi - Memórias de José Valizi

 

Enviar mensagem de e-mail   Facebook

 

 


 


 

CAPÍTULO

   

Faça uma pequena doação e

ajude-nos a produzir novos

conteúdos para este site.

======================

Publicidade

Como me tornei torcedor da Portuguesa

por José Valizi (publicado em 13/07/2014; revisado em 23/07/2015)

 

Foto: Nailson Vaz

José Valizi com a camisa da Portuguesa

José Valizi com a

camisa da Portuguesa

 

Como posso eu, sendo neto de imigrantes italianos, torcer por um time de futebol da comunidade portuguesa? Bem, tudo começou assim...

 

Meu saudoso pai, Júlio Valisi, quando jovem, jogava futebol nos times das fazendas onde morava. A paixão dele por esse esporte era tamanha que, quando ele ficou mais velho, passou de jogador a organizar do time. Ele era, ao mesmo tempo, técnico e diretor; enfim, era o "cartola" da equipe. Por incrível que pareça, o meu pai, filho de italianos, era torcedor do Corinthians. Em uma outra ocasião, eu tentarei explicar essa escolha dele. Por ora, vamos voltar ao time de futebol da fazenda.

 

Adivinhe quem era o auxiliar técnico dele? Eu! Isso mesmo. Desde rapaz, quando comecei a jogar futebol, eu auxiliava o meu pai na escalação da equipe. E a confiança dele na minha percepção futebolística era tamanha que o meu pai não escalava o time para nenhum jogo sem que eu estivesse junto para ajudar na escalação. E sem falar que eu era também jogador do time.

 

Em 1951, meu pai comprou um aparelho de rádio. Como na fazenda não havia energia elétrica naquela época, o rádio funcionava à pilha. A pilha era enorme e pesava uns 7 quilos e meio. E a partir da aquisição do rádio passamos a acompanhar os jogos de futebol dos grandes times da capital.

 

Foi então que, em uma dessas ocasiões, ouvi pela primeira vez a transmissão de um jogo de futebol da Portuguesa. À medida que eu ia ouvindo a narrativa do locutor daquela partida, fui me encantando com o time; naquela época, o clube tinha muito prestígio no futebol, além de ser uma grande equipe, revelando grandes talentos. Lembro-me, como se fosse hoje, os jogadores daquela partida; eram: Muca (goleiro); Nena e Noronha (zagueiros); Djalma Santos (lateral direito); Brandãozinho (médio-volante); Ceci (lateral esquerdo); Julinho, Renato, Nininho, Pinga e Simão (atacantes). E assim, desde então, tornei-me um torcedor apaixonado da Portuguesa de Desportos (a Lusa).

   
   

APOIO CULTURAL

Faça uma pequena doação e

ajude-nos a produzir novos

conteúdos para este site.


REPUBLICAÇÃO RESTRITA

Não está autorizada a republicação dos artigos deste site em nenhum outro site na internet. Caso você queira compartilhar através da internet algum artigo aqui publicado, sugerimos que você poste uma chamada com um link, de tal modo que a leitura do artigo seja feita no site Fazendinha do Valizi. Para republicação em mídias impressas, mediante autorização prévia, deverá constar como fonte do artigo o endereço deste site (www.valizi.com.br).


Desenvolvido por Portal Onde Ir